Banner
Banner
Principal

postheadericon Dona Zélia: Chat no Facebook vai responder dúvidas sobre vacinas

 

Dona-Zelia

 

O auditório da Fundação Municipal de Educação foi palco de um lançamento que revela a preocupação da Prefeitura de Niterói com soluções tecnológicas para resolver as questões da cidade. A primeira ideia efetivada do 1º HackNit de 2018, a maratona tecnológica que premia soluções inovadoras para a gestão pública, foi apresentada nesta sexta-feira (14). A chatbot Dona Zélia é uma enfermeira virtual que vai responder dúvidas sobre vacinação no Facebook. Para fazer o contato a pessoa curte a página da Dona Zélia e no Messenger pode realizar as perguntas. 

A iniciativa foi criação da plataforma de tecnologia Remedin e contou com a parceria da Fundação Municipal de Saúde (FMS) e Secretaria de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão (Seplag). Estiveram presentes na mesa da cerimônia de abertura a secretária de saúde, Maria Célia Vasconcellos; o coordenador de comunicação digital, Fernando Stern; o secretário Axel Grael (Seplag); e a CEO do Remedin, Claudia Amaral. 

"É uma oportunidade sensacional de avançar na cobertura vacinal já que estamos em plena Campanha de Sarampo. Esse aplicativo parece que caiu do céu, porque soma com as nossas estratégias comunitárias de sensibilizar a população para se vacinarem, uma responsabilidade de todos nós para vencer as barreiras que impedem a população de se imunizar", afirmou a secretária de saúde Maria Célia Vasconcellos, lembrando que neste sábado (15) tem Dia D de campanha contra o sarampo, das 8h às 17h, não só em nossas unidades de saúde como também em estratégias extramuro. A Campanha segue até 13 de março, mas a vacina permanece como rotina nas unidades. 

Segundo Fernando Stern, algumas das maiores demandas de comunicação com a população nas redes sociais como o Facebook e o Colab (aplicativo específico para o contato Prefeitura/população) são sobre assuntos de saúde e vacinação. "Todos nós que temos filhos sabemos da importância desta questão e esta ferramenta vai se relacionar com nossos outros canais de comunicação na continuidade da interação com a população", afirmou. 

Já Axel Grael (Seplag) ressaltou o trabalho acumulado da maratona tecnológica HackNit, que se encaminha para a 3ª edição em 2020. "Ter um produto tornado realidade das ideias geradas por esse evento é gratificante. A ferramenta Dona Zélia chegou em boa hora frente problemas de saúde em relação a doenças que estão retornando e doenças novas como o coronavirus, a quantidade de fake news circulando e a onda de movimentos antivacina", disse, ressaltando que Niterói se mostra como formadora de talento para a tecnologia. 

Por fim, Claudia Amaral, CEO do Remedin, apresentou a plataforma enquanto solucionador da conexão entre usuário e salas de vacina. "Nossa empresa está situada no Rio de Janeiro, mas é muito gratificante estar com essa parceria com uma cidade como Niterói nesse projeto promissor que peço a todos que divulguem e utilizem", disse ela convocando a todos conversarem com Dona Zélia, cuja inteligência artificial é aprimorada quanto mais ela é utilizada. 


 
Banner
Banner
DIGITE SUA BUSCA
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner