Principal

postheadericon Bloco Loucos Pela Vida realiza seu ensaio

Loucos-19 a

 

 

O Carnaval é a época do ano da alegria e diversão. É nesse espírito que a Saúde Mental se apropria da data para fazer suas festividades com seus usuários. Organizado pelo Centro de Convivências Oficinas Integradas, o bloco Loucos Pela Vida realizou seu ensaio nesta ensolarada terça-feira (29) no bar Mãe D’Água da Praça da Cantareira. O bloco desfila dia 21 de fevereiro, em concentração às 15h na Praça Arariboia.

Dentro da lógica antimanicomial e de reinserção do paciente da Saúde Mental na sociedade, o enredo desse ano é “Nise da Silveira, Uma História de Amor: Heroína da Resistência, Humana e Mulher”. Nise foi a psiquiatra pioneira no trato humanizado com os pacientes, utilizando da arte e da cultura como ferramentas fundamentais no tratamento.

Como demonstração que o trabalho na Saúde Mental é de integração entre profissionais e usuários, o samba foi composto em conjunto por Angela Carvalho, psicóloga do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) da Casa do Largo, com Paulo Fernando, paciente de 66 anos que sempre escreveu poesias e canções e tem seu trabalho valorizado pelos profissionais. Miguel Fonseca completa o trio de composição.

“Sou mangueirense e o samba é a minha vida, minha alegria. Lembro até hoje da minha mãe cantando sambas para mim”, afirmou Paulo citando “Quem não gosta de samba, bom sujeito não é”, letra de “O Samba da Minha Terra” de Dorival Caymmi. Paulo tem mais de 100 composições a espera de serem registradas digitalmente e, em breve, serem lançadas também em disco e livro.

Em 2018, essa parceria de Angela com Paulo foi vencedora de outro samba sobre a Nise da Silveira composto para mais um bloco da Saúde Mental, o Loucura Suburbana, que sai há 18 anos no Engenho de Dentro, Zona Norte do Rio. Afirmando que vão concorrer novamente este ano, Angela articula um ônibus que possa levar os usuários de Niterói para desfilar no bloco do Rio esse ano (marcado para o dia 28 de fevereiro).

Segundo o organizador Francisco Protasio, atividades recreativas como essas são essenciais para o tratamento dos pacientes. “A saúde tem que ser vista em seu sentido mais amplo, valorizando a ocupação dos espaços e levando ao exercício da cidadania”, afirmou.

No ensaio foram vendidas camisetas do bloco, sacolés para refrescar do calor e acessórios de Carnaval feitos pelo Fórum de Economia Solidária. A entidade esteve presente por convite da musicoterapeuta Chris Accioly que frequentou o curso de economia solidária que está acontecendo na Casa Azul (Paul Singer), na rua Amaral Peixoto, nº 901. O Fórum também organiza feiras no Terminal, Campo de São Bento, Museu de Itapu e Praça Dom Navarro.

Entre outras parcerias do Loucos Pela Vida estão a Niterói Empresa de Lazer e Turismo (Neltur), Niterói Transportes e Trânsito (Nittrans) e Secretária de Urbanismo.

Toda a população de Niterói está convidada para participar do desfile no dia 21. Haverá concurso de fantasia e o bloco será acompanhado pela bateria do Mestre Batico (Bicho Solto) e do Mestre Careca (Império do Preventório).

Loucos 19 b

 

 

 

 
Banner
Banner
DIGITE SUA BUSCA
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner