Principal

postheadericon Niterói intensifica ações de combate ao Aedes aegypti

Aedes 1819

 

 


A Prefeitura de Niterói começou a intensificar as ações de combate ao Aedes aegypti no município, por conta do começo do verão, período de maior incidência de doenças causadas pelo mosquito,. O prefeito em exercício, Paulo Bagueira, e a secretária municipal de Saúde, Maria Célia Vasconcellos, se reuniram para finalizar as estratégias de intensificação das ações que já são realizadas de forma rotineira na cidade.

Além do trabalho realizado durante todo o ano, o carro fumacê já começou a circular por Niterói e, nos próximos dias, os mutirões de combate ao mosquito terão início nos bairros.

O verão começou na sexta-feira (21) e é caracterizado por um período com maior incidência do mosquito e de doenças transmitidas pelo inseto, como dengue, zika e chikungunya. Por isso, a Fundação Municipal de Saúde deu início aos mutirões de final de semana e ações em parceria com as administrações regionais, secretarias de Conservação e Serviços Públicos, Saúde, Companhia de Limpeza Urbana de Niterói (CLIN), além de associações de moradores, escolas e unidades de saúde.

“A Prefeitura de Niterói não vai medir esforços para prevenir a proliferação do Aedes aegypti. A população tem papel fundamental nesse cenário e precisa fazer sua parte no combate ao mosquito. É muito importante que todos ajudem na eliminação dos criadouros do Aedes, que coloca seus ovos em recipientes com água parada, como pneus velhos expostos à chuva e garrafas vazias”, ressaltou o prefeito em exercício.

Além dos mutirões, as equipes do CCZ realizam, durante todo o ano, um trabalho intenso de prevenção e combate ao mosquito em Niterói. Agentes vistoriam diariamente imóveis em todas as regiões do município, combatendo focos do inseto e orientando a população.

Profissionais do Programa Médico de Família também atuam em parceria com o CCZ nas suas áreas de cobertura. Niterói também possui Comitês Regionais de Combate à Dengue, organizados pelas Policlínicas Regionais, com ações elaboradas de acordo com as características de cada comunidade.

A secretária municipal de Saúde, Maria Célia Vasconcellos, fala sobre o trabalho de prevenção e a importância das ações intersetoriais. “O trabalho de combate ao mosquito Aedes aegypti é intenso e de rotina, realizado durante o ano todo e não apenas no período mais crítico. No verão, intensificamos as ações e trabalhamos em parceria com outras secretarias, o que permite um resultado mais positivo”, destaca.

 

 

 

 
Banner
Banner
DIGITE SUA BUSCA
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner